domingo, novembro 06, 2005

SEGREDOS DA APRENDIZAGEM NA ESCOLA


Qual é o Estilo de Aprendizagem de seus alunos?

Um Estilo de Aprendizagem é a forma que uma pessoa usa para adquirir conhecimento. Cada indivíduo aprende do seu modo pessoal e único. Um Estilo de Aprendizagem não é o que a pessoa aprende e sim o modo como ela se comporta durante a aprendizagem. É, digamos, a preferência que seu cérebro faz para aprender. Pesquisadores da Universidade de Harvard, EUA, explicam que os Estilos de Aprendizagem seriam os vários métodos que as pessoas usam para aprender.

Conhecem-se pelo menos s
ete Estilos de Aprendizagem identificados:
- Físico (indivíduo que usa muito a expressão corporal)
- Interpessoal (indíviduo introspectivo)
- Intrapessoal (indíviduo extrovertido)
- Linguístico (aqueles que se expressam melhor com palavras)
- Matemático (os que usam mais o pensamento/raciocínio lógico)
- Musical (se interessam mais por sons e música)
- Visual (exploram mais o aspecto visual das coisas)

Como são usados os Estilos de Aprendizagem?

Conhecendo o Estilo de Aprendizagem da criança os professores dela, estarão aptos a criarem programas educacionais que serão mais personalizados, mais motivantes e significativos no que diz respeito a eficácia e assim com resultados muito melhores. As crianças adquirem conhecimento e absorvem o que aprenderam quando aquele assunto ou habilidade em jogo é-lhes ensinado de um modo que há empatia entre a mesma e o tema abordado. Descobrir o Estilo de Aprendizagem da criança é descobrir como ensinar-lhe com mais eficiência e resultados.

Qual é a origem do conceito Estilos de Aprendizagem ?

Muitas teorias tem sido desenvolvidas nos campos da Educação e Psicologia para explicar como as pessoas pensam e aprendem. Um desses teóricos é o Dr. Howard Gardner, Psicólogo da Universidade de Harvard. No seu livro publicado em 1983, "Frames of Mind: The Theory of Multiples Intelligences", ele diz que os indivíduos não possuem uma inteligência fixa mas diferentes modos de aprender que podem ser desenvolvidos ao mesmo tempo.

Estilos de Aprendizagem: Os Sete principais Estilos na Escola

1 - Fisico:
As crianças com estas características são as inquietas, as que gostam de desmontar equipamentos e brinquedos, as que querem saber como funciona e ver por dentro, as que não conseguem ficar sossegadas no seu lugar. Elas simplesmente raciocinam melhor quando seus corpos estão em movimento. Interagem melhor com o mundo através do contacto manual e corporal. Os "aprendizes" físicos adoram desportos, inventar, construir e dançar. Quando estudam, essas crianças beneficiarão mais com actividades de expressão corporal, manipulando e tocando objectos, realizando exercícios, etc. Dicas para ensiná-los melhor: realize aulas práticas com montagens e construções de objectos e simulações; inclua aulas virtuais em computadores, alterne secções teóricas e práticas durante a aula.


2 -Intrapessoal:
São as crianças solitárias, aquelas que marcham conforme o ritmo da sua própria conveniência, e podem ser descritas pelos outros como tímidas. Elas não são anti-sociais, elas apenas pensam melhor quando são deixadas à vontade para ditarem seu próprio ritmo. Relacionam melhor com o mundo sob uma óptica independente e através da auto-reflexão. Actividades que pessoas assim gostam e são bem sucedidas inclui escrever, pesquisar e explorar a Internet. Quando estão a aprender, os alunos intrapessoais obterão melhores resultados com actividades onde possam trabalhar sozinhos, projectos independentes e trabalhos de pesquisa. São persistentes e tentam várias alternativas para resolver problemas . Têm um raciocínio lógico muito apurado e são reflexivos. Dicas para ensiná-los melhor: realize projectos independentes com eles (são pesquisadores natos, use e abuse de trabalhos de pesquisa, trabalhos em grupo só em último caso, pois preferem seguir seu próprio caminho).

3 - Interpessoal:

São sociáveis, comunicativos e solidários. Elas conseguem o melhor de si quando podem defender suas idéias e ajudar os amigos a resolverem problemas. Relacionam-se melhor com o mundo através de suas interacções com os outros e um entendimento de como as pessoas trabalham em grupo. As actividades onde terão melhores resultados são equipes desportivas, grupos de discussões e organização de eventos. Quando estão assimilando novas informações elas obterão melhor desempenho com jogos em equipe, trabalhos de pesquisa em grupo, ou trabalhando em pequenas equipes. Dicas para ensiná-las melhor: realize projectos em grupos com eles (são excelentes ouvintes). Organize trabalhos onde possam lidar com o público, debates, entrevistas.

4- Linguístico ou Verbal:
São as crianças conhecidas como as devoradoras de livros, os artesões das palavras. Estas crianças são aquelas que causam impacto quando se expressam através de palavras faladas ou escritas. Elas se relacionam melhor com o meio através da linguagem. Podem obter melhores resultados com actividades que incluam o uso da palavra falada, escrita de poemas e leitura literária. Tarefas como contar histórias, debates, condução de entrevistas, leitura e escrita são as actividades preferidas. Dicas para ensiná-las melhor: realize projectos literários, concursos para redacção de textos publicitários, debates de temas polémicos, criação de uma peça de teatro, etc.

5 - Matemático:
São as crianças conhecidas como os génios matemáticos, os apaixonados por jogos. Pensam de acordo com o padrão lógico. A sua relação com o mundo é melhor através do raciocínio, números, padrões e sequências. As actividades que melhor se indentificam com elas incluem contagem e classificação de objectos, criação de tábuas cronológicas e tabelas, e solucção de problemas complexos. Elas obterão melhor desempenho com experiências científicas, acompanhamento passo-a-passo de processos, e usando cálculos matemáticos. Dicas para ensiná-las melhor: ao ensiná-las é preciso que os assuntos tratados possam ser comprovados. São relutantes em aceitar as leis da tradição. Realize projectos onde possam organizar e classificar coisas e objectos. Realize projectos de pesquisas cientifícas ou comportamentais

6 - Musical:
São aquelas crianças que vivem cantando ou entoando algum som mesmo com a boca fechada, os cantores e aqueles descritos com tendo um ouvido musical. Vêem sons em tudo. Elas podem não serem os melhores cantores ou músicos, mas têm uma habilidade natural para interagir e entender os sons, musicais ou não. A sua relação com o mundo é através dos sons e ritmos sonoros. As actividades que podem ser mais proveitosas para elas são ouvir músicas, tocar instrumentos, interpretar sons e cantar. Beneficiarão mais escrevendo letras e canções para músicas, tocando instrumentos para acompanhar seus trabalhos ou de outros, ou desenvolvendo projectos de multimídia. Dicas para ensiná-las melhor: talvez aprendam bem ouvindo música ou aprendendo textos transformando-os em letras de canções. Por exemplo: se uma criança "musical" tiver de aprender um texto de geografia deixe que o resuma dando-lhe a forma de uma letra de canção.

7 - Visual:
Estas crianças são os modernos Picassos e Renoirs, os grafiteiros e rabiscadores, e indivíduos que tem um talento natural para as cores e para harmonizar ambientes. Os indivíduos visuais parecem ter um sentido artístico que faz com que tudo criem pareça agradável aos olhos. A sua relação com o mundo é através de pinturas e imagens. As actividades que podem ser mais proveitosas para elas incluem pintura, escultura, e a criação de artes gráficas. Aprendem melhor através de desenhos e criação de diagramas inclusive gráficos, leitura cartográfica, criação de mapas, ou realizando demonstrações. Dicas para ensiná-las melhor: realize projectos onde possam criar cenários para peças de teatro, faça um projeto para a criação de um site para a turma ou escola, peça para que criem apresentações multimídia dos trabalhos da escola, realize projectos com interpretação de mapas, diagramas e obras de arte .

Fonte: Dicas de Educação